26 de dezembro de 2014

Kiera Cass e o seu presente de Natal!

A autora de “A Seleção”, publicada no Brasil pela Editora Seguinte, Kiera Cass, postou em seu site um presente de Natal para todos os seus leitores: os primeiros parágrafos de “Aherdeira”!!!
A herdeira” é o 4º livro da série, e será lançado dia 5 de maio do ano que vem no mundo todo – inclusive no Brasil. Desta vez a narradora será Eadlyn, a filha mais velha de America e Maxon, e a autora atentou que só pela capa já é possível perceber que ela tem uma atitude diferente de sua mãe.
E é obvio que eu trouxe eles para vocês!

“Eu não conseguiria prender a respiração por sete minutos. Não conseguiria sequer chegar a um minuto. Uma vez tentei correr uma milha em sete minutos, depois de ouvir que alguns atletas conseguem fazê-lo em quatro, mas falhei miseravelmente quando uma dor lateral me incapacitou na metade da distância.
Todavia, tem uma coisa que eu consegui fazer em sete minutos que a maioria das pessoas diria ser muito impressionante: eu virei rainha.
Por meros sete minutos eu cheguei ao mundo antes do meu irmão, Ahren, então o trono que deveria ser dele virou meu. Se eu tivesse nascido uma geração antes, não teria feito diferença. Ahren era o homem, então ele teria sido o herdeiro.
Infelizmente, a Mãe e o Pai não aguentariam ver seu primogênito perder um título graças a um par de seios inesperados, porém muito graciosos. Então eles mudaram a lei, e o povo comemorou, e eu fui treinada todos os dias para virar a próxima regente de Illéa.
O que eles não entendiam é que essas tentativas de tornar minha vida mais justa pareciam muito injustas pra mim.”

24 de dezembro de 2014

Top Especial: Coisas para dar de Presente


Para fechar com chave de ouro essas nossas postagens natalinas eu decidi trazer para vocês algo diferente. Dessa vez serão coisas que me chamaram a atenção nesse ano, e que na minha opinião seriam ótimos presentes para se dar. Não que seja algo caro, ou importado... Não, os itens dessa lista são especiais para mim de alguma forma, e nada melhor que partilhar desse sentimento de compaixão do Natal para dividir com vocês. 

1º - O Colar de Pedra Hippie – Ultimamente essa têm sido a moda entre o pessoal mais descolado, considerados em grande parte como Hipsters. Essa imagem – ao lado – ilustra perfeitamente o colar. Normalmente é uma pedra envolta em um tipo de trançado, tudo bem artesanal – até mesmo a corrente. Cada pedra tem um significado e atrais certos tipos de sentimentos para a pessoa. No caso desta imagem,a pedra em questão é uma “Pedra da Lua”, Atua no campo afetivo, ajudando a atrair o amor e a resolver problemas entre enamorados. Para as mulheres, inspira sensualidade e fertilidade. Nos países Árabes até hoje a pedra da lua é considerada a pedra abençoada da família. As mulheres da Índia e Sri Lanka costumam fixar uma Pedra da lua em seus trajes para o equilíbrio da alma e da saúde.

 2º - Mini Domo – Anotem ai, essa moda vai pegar de uma forma que vocês não acreditam. Neste caso – imagem ao lado – é um colar com um domo contendo uma pedra preciosa e vegetação seca. Já vi acessórios com plantas vivas, cactos, folhas de rosa, dentes de leão. A variação é incrível eu acredito ser um ótimo presente para se dar. Se não me engano a Parco ano que vem vai dar inicio á venda de peças nesse formato – o que vi até então foi um desse modelo só que com conchas e areia/vegetação dentro. Um ótimo presente para se dar, ou até mesmo pedir.

3º - Colar Escorpião Azul – Gente, eu acho esse colar lindo. Uma gota azul com um escorpião filhote de verdade dentro. Como se fossem aqueles cubos de vidro com insetos dentro, só que feito para você usar no seu pescoço. Assim, eu achei lindo. Esse em especial – da imagem – é vendido no site IZI acessórios e o preço nem é tão salgado assim. Creio que vale a pena, pois um presente assim, exótico,não se vê todo dia.

4º - Caderneta em branco – Eu tenho e confesso que é a salvação nos dias mais “tensos”. É sempre bom ter esses caderninhos por perto. Ainda mais desse estilo – Carpe Diem -, em que vocês 4 caderninhos na caixinha, com capas diferentes e folhas em branco, sem linhas. Essencial para quem pensa demais e fala de menos.

5º - Berloques – Eu sou apaixonado por Berloques. Nem precisam ser de prata ou ouro, as bijus já me agradam e muito. Principalmente os de pedras. Simples, barato e que pode conter todo o significado do mundo. Vivara, Morana, Pandora e lá vai... São um dos lugares onde você pode encontrar essas gracinhas.

Espero que tenham gostado dessas dicas – que em grande parte foi de acessórios. Desejo a todos um ótimo Natal e se minhas dicas derem certo, por favor me avisem ok! :)

22 de dezembro de 2014

Top 10 - Livros para dar de presente!


Faltando apenas dois dias até essa data tão especial e esperada por nós, bookaholics de plantão, esperando seus livros do Papai Noel, é hora de mostrar para vocês a minha lista de10 melhores livros que foram lançados esse ano para você poder dar ou receber de Natal/Amigo Secreto esse ano. Claro que, se você tiver algo a acrescentar á ela é só comentar!

1º - O Livro das Criaturas de Harry Potter – Gente, pecado seria eu começar essa lista sem o Harry. Esse livro é o lançamento de Novembro da Editora Galera Record e acreditem, é lindo. Já fiquei horas e horas na Livraria folheando ele e vendo as imagens maravilhosas dele. Se parece bastante com aquele “A Magia do Cinema” – que seria um bom casamento para se dar/pedir – por conta de tamanha perfeição. Dividido entre as classes de Criaturas, com a descrição delas, de onde vem, onde habitam, o que fazem... Gente, é lindo, maravilhoso – e meio caro – mas vale a pena o sacrifício do 13º salário.

 2º - Eu e Você – O fim da série que eu comecei a ler, assim, do nada, e me apaixonei profundamente. Logo depois descobri que a Ali Cronin é a responsável pela 1ª novelização do seriado Skins, e foi ai que me apaixonei mesmo. Distribuído pela Editora Seguinte, esse é o sexto e último livro da série “Garoto <3 Garoto”, um drama adolescente que envolve escola, crescimento, amor, sexo e brigas. Gente, nem creio que acabou assim, mas acabou. Super indico a leitura e o investimento – em comprar a serie toda!

3º - Segundo – Eu Me Chamo Antonio – Um clássico brasileiro que é amado e idolatrado pelos amantes de livros/poesias/ilustrações. Esse ano o autor, Gabriel, decidiu acabar com o nosso emocional, e nos presenteou com mais uma edição de seus poemas ilustrados em guardanapos publicados pela editora Intrínseca.  Não preciso dizer que quem não gosta disso, boa pessoa não é né. Sem falar que o livro é lindo para se dar de presente! Não percam tempo. Nossos autores estão arrasando!!!

4º - As Crônicas de Bane – Depois me muitos E-books digitais lançados, finalmente foi lançado a edição física dos contos Spin-Off da série “Os instrumentos Mortais” da Cassandra Claire. E eu preciso dizer, a Galera Record caprichou e muito nessa edição. A dica é: Corra e compre antes que acabe a edição com os brilhos. As capas mudam completamente sem esses brilhos. Perdem totalmente a graça! E nem está tão caro viu, o livro é gigante e no meu eu paguei 24 reais.

5º - Box Maze Runner – Por que comprar só um é para os fracos gente. Eu perdi o ar de uma forma tão punk durante o filme, que sai do cinema e comprei o Box para mim. James Dashner realmente sabe abalar nossas estruturas. Eu até vi uma edição americana linda esses dias que a capa é um labirinto, com as paredes laminadas e a parte de dentro fosca – deu pra entender? , perfeita demais. Lógico que na internet vocês acham os livros, que são publicados pela editora Vergara e Riba, com preços bem mais acessíveis.

 6º - Box Clássicos Zahar Edições Bolso de Luxo que Brilham no Escuro – Não tenho muito o que dizer, essa seleção em si diz por si só. “Alice no País das Maravilhas”, “O Magico de Oz”, “Peter Pan” e “Contos de Fadas, ou seja, os livros base para qualquer louco por leitura, em um edição especial da Editora Zahar que brilha no escuro ainda por cima... Desisto de tentar guardar dinheiro!

7 – Reconstruindo Amélia – É o tipo de livro pelo qual você não dá muitos creditos de inicio, mas que no fim te prende de uma forma extraordinária. Ainda agradeço e muito á Editora Arqueiro pela oportunidade de ler esse livro. É grande? Sim. Mas passa como que num vulto. Kimberly, parabéns, o sétimo lugar da minha lista é sua, e da sua obra de arte em forma de suspense investigativo!!!

8 – A Batalha dos Mortos – Não sou Nerd, nem viciado em The Walking Dead, nem nada do tipo, mas meu sentimento em relação á essa história é um só: Amor. Ainda mais com o final desse segundo livro. Rodrigo de Oliveira realmente arrasou no sobrenatural e nas explicações. Anote ai, você que pretende lançar livros de zumbi: Se espelhe na série do Rodrigo! Os livros são publicados pela Faro Editorial e você pode compra-los tanto em livrarias físicas quanto virtuais. ;)

9 – Pó de Lua – Ainda estou muito bravo pelo fato de perder a a oportunidade de ganhar o meu autografado por conta de um mal entendido que aconteceu na Bienal, mas de qualquer forma, valeu a pena, porque o livro é lindissimooooooooooo! Amo esse estilo de livro – que é o mesmo do “Eu Me Chamo Antonio”. Clarice Freire, sua linda, quero mais livros assim ein!!!

10 – Somente Sua – Amantes de Erótico, eis que sua continuação da trilogia - que já não é mais uma trilogia – foi lançada. A editora Paralela está de volta com os livros da série “Crossfire” da Silvia Day. Agora serão 5 volumes, e muito mais saliência para você!!!

Obs.: Deixei um de lado porque é muito especial para mim. Esse ano uma campanha trouxe para o Brasil o artista Argentino Troche, e eu ajudei nessa campanha – promovida pela Lote 42. No fim, ganhei um livro autografado e com um desenho especial feito pelo próprio Troche, uma cartela de adesivos e um marcador.
São desenhos que dizem mais de nós mesmo que muitas outras coisas. Você se identifica com os desenhos e pode entender o que ele quis passar com isso. Se você tiver a oportunidade de presentear alguém com ele, “Desenhos Invisíveis”, faça isso. O livro é maravilhosamente lindo. Apaixonante!

21 de dezembro de 2014

Top 10 - CDs para dar de presente!


A verdade é que o Natal tá ai, faltam só três dias e esse post é para você, que não sabe o que dar, nem o que pedir de presente/Amigo secreto neste ano. Montei uma lista com os 10 melhores lançamentos desse ano – na minha opinião, claro que, se você tiver algo a acrescentar á ela é só comentar! - para que você possa se inspirar e acertar na hora de presentear! Obs.: Aceito presentes também! ;)

1º - The PinkPrint (Nicki Minaj) – Acho que, independente se você gosta ou não de RAP, ou até mesmo desse “pop” que a Nicki tem feito, esse CD é um dos que você tem que ter na sua casa. “Anaconda” e “Bed of Lies” estão ai para reforçar essa ideia, assim como as músicas com a participação da Beyoncé e da Ariana Grande! Ele é o terceiro álbum de estúdio da rapper e se afasta musicalmente do estilo do segundo álbum de estúdio “Pink Friday: Roman Reloaded”, que experimentou os gêneros pop e dance, tendo a intenção de incorporar elementos do hip hop tradicional neste novo trabalho.

2º - 1000 Forms of Fear (SIA) – Não houve dúvidas de que esse CD foi o achado do ano. SIA encantou seu público com apresentações minimalistas, sempre com a intenção de mostrar seu trabalho em si e não seu rosto. “Chandelier” estourou em todas as paradas musicais, trazendo o sucesso para a própria cantora e para a menininha que dança no clipe também. Este é o sexto álbum de estúdio da cantora que já foi responsável por Hits de cantoras como Britney Spears, Rihanna e Beyoncé e parcerias famosas com David Guetta e Eminem.

3º - My Everything (Ariana Grande) – Gente, como não amar esse vocal de quem destróis tímpanos alheios? Não temos dúvidas de que a super exposição da cantora favoreceu o sucesso de vendas que foi o CD. “Problem” com Iggy Azalea e “Break Free” em parceria com Zedd, fizeram o tímpano de todos em volta do mundo doer de tanto que tocou por ai. Este é apenas o segundo álbum de estúdio dela, e já da pra ver que ela não está para brincadeiras né. Sei que a Carol a ama, por isso coloquei ele em terceiro lugar!

4º - Sweet Talker (Jessie J) – As más bocas dizem que o CD não é lá grandes coisas, mas nós sabemos que não é assim! “Bang Bang”, “Masterpiece” e “Burning Up” são as três melhores e mais dançantes musicas do ano, e não tem como não amar. Dessa forma, o terceiro álbum de estúdio da britânica mais amada do mundo, tem, sim, que estar entre os 10 mais desse ano! Ano passado “Alive” nem fez cócegas no público, mas esse ano, ela colocou logo é fogo em todo mundo!
5º - Settle (Disclosure) – Creio que Disclosure tenha sido uma das minhas melhores descobertas do ano. Não tenho esse CD ainda, mas está na minha lista dos mais queridos e desejados. A dupla está ficando cada vez mais famosa, graças á parcerias com cantores como Sam Smith, Mary J Blidge e Lorde. Uma musicalidade maravilhosa e perfeita para se passar essa noite de natal. O disco contém os singles "Latch", "White Noise", "You & Me", "F for You", "Help Me Lose My Mind" e "Voices". A edição de luxo do álbum contém faixas bônus, incluindo o remix de "Running" de Jessie Ware. O álbum foi muito bem recebido pela crítica Inglesa e internacional e foi nomeado para receber o Mercury Music Prize, estreando na liderança no UK Albums Chart, vendendo 44.633 na primeira semana. Foi certificado como Ouro pela British Phonographic Industry em julho e em outubro, o álbum já tinha vendido 165.000 cópias. Nem preciso comentar mais né?

6º - 1989 (Taylor Swift) – Como deixar o álbum mais falado do momento – com as polaroides mais lidas do mundo – de fora desta lista. Dizem por ai que o disco nem é tudo o que parece, mas assim, “Shake it Off” e “Blank Space” deram tão certo que eu realmente acho que qualquer coisa que essa mulher toque vire sucesso! O quinto álbum de estúdio da loira mais rodada do cenário Pop/Country possui uma sonoridade inspirada principalmente pelo pop e incorpora elementos do synthpop, apresentando um afastamento de seus trabalhos anteriores, que eram fortemente inspirados pelo country e pelo country pop. Obs.: Quero essas 13 Polaroides!!!

7º – X (Ed Sheeran) – Não tenho muito o que dizer. Ed, é Ed. E acabou. Esse é o segundo disco do cantor, que já catou a moça ai de cima, que conta com os silgles “Sing” e “I’m a Mess”, que já fazem parte da nossa Play List. Eu quero esse gente. Me deem um!

8º – Zeski (Tiago Iorc) – Ah, Tiago Iorc. A verdade é que vocês já conhecem as musicas dele – as antigas – das novelas da Globo, mas esse CD em especial, é especial. Entenderam? Zeski foi recebido muito bem pela crítica especializada. André Felipe De Medeiros, do site Monkeybuzz afirmou que "Tiago Iorc soube unir o teor Pop de seu “Let Yourself In” com a densidade de “Umbilical”, sabendo aproveitar o melhor de cada disco para criar uma obra introspectiva, mas ainda convidativa.". Misturando nossa já conhecida nova MPB com um pouquinho de musica internacional – um Pop Romantiquinho – Tiago Iorc alegrou meu Celular nesse ultimo Semestre e merece um lugar nessa lista!

9º – Banda Do Mar – “Eu só espero que não venha mais ninguém, daí eu tenho você só pra mim...”. Uma banda luso-brasileira formada por Marcelo Camelo, Mallu Magalhães e Fred Ferreira, que tem tudo para alegar seu dia. “Mais Ninguém”, “Hey Nana” e “Pode ser” são musicas que já estão em nosso dia a dia, mostrando que sim, musica nacional pode ser boa mesmo sem ser apelativa. Acho que, depois de “Pitanga” a Mallu amadureceu musicalmente demais e isso fica visível nesse álbum! Comprem, ouçam e se apaixonam!

10 – Heartstrings (Leighton Meester) – Nossa Queen B finalmente decidiu lançar seu primeiro CD. “Heartstrings” chega até nossas estantes e ouvidos após anos de adiamentos e especulações por parte de fãs e jornalistas. Ainda em “Gossip Girl”, Leighton chegou a lançar algumas músicas, mas nunca se dedicou totalmente à música. Classificado como pop/rock, o disco de estreia é resultado da parceria dela com o selo Hotly Wanting e sinceramente, é lindo. Eu já ouvi de cima á baixo. Não tenho, e dessa lista é sinceramente o que eu mais desejo.

Obs.: Dois nomes super importantes para mim eu decidi não por nesta lista. A primeira é a Beyoncé e a sua versão Deluxe do seu álbum visual. Acho o seguinte, não sou Silvio Santos e não estou cagando barras de ouro para comprar um CD por 165 reais. Vem com o X10? Sim, vem. Com remixes? Sim, vem também. E musicas inéditas? Sim, 2. Mas gente, coragem!!! Os remixes são péssimos - ouvi todos -, X10 tem tudo na internet em Full HD, e das duas músicas novas, apenas uma é realmente boa. Me digam, para que gastar 165 reais? Com esse valor você compra os 10 cds desta lista! Beyoncé, te amo, você sabe disso, mas dessa vez não rola não tá querida!
E o segundo é o CD "Cheek to Cheek" da Gaga com o Tony Bennet. Vocês são provas vivas de que sou Little Monster até o fundo da alma, mas esse CD... De Jazz... Não Rola. Obrigado.

20 de dezembro de 2014

Marina and the Diamonds | "HAPPY"

E não deu outra. “Happy”, segundo single do cd “FROOT” da nossa amada Marina and the Diamonds foi lançado e fez o maior sucesso.
Quando a musica foi lançada, ninguém confiou muito nela, mas depois dessa semana, “Happy” se tornou nossa canção preferida do CD que nem lançou ainda.
Toda rodeada de luzes, Marina nos encanta com um lindo acústico mostrando ao que veio. Me lembrou, e muito, a Sala do Infinito da Yayoi Kusama, cheia de luzes para todos os lados.
“FROOT” que é o terceiro CD da cantora tem lançamento previsto para dia 03 de Abril do ano que vem, e está sendo produzido pela Neon Gold Records e Atlantic Records. A faixa-título do álbum foi lançada como primeiro single através de streaming em Outubro , e fez o maior sucesso! Fiquem ai com o acústico mais lindo do mundo!!!

19 de dezembro de 2014

Destrua-me

Já faz um tempinho que não falo deles, mas hoje é sexta, então vamos aproveitar e esquentar as coisas! A editora Charme – primeira vez que ouço falar dela! Seja bem vinda ao ZaaKar.com!!! - divulgou em suas redes a capa do livro “Destrua-me”, escrito por J.L. Mac. Este é o primeiro livro molhado da série “Wrecked e Damon”, a série erótico que virá com tudo no ano que vem. Ao que tudo indica, o livro deve ser lançado no dia 26 de Fevereiro. Então segurem a ansiedade e vamos ver a capa e a sinopse do livro!

Sinopse: "Aos vinte e cinco anos, Josephine Geroux é uma “zé ninguém”, segundo sua própria definição e, apesar de não querer ser assim, ela se contenta com isso. Crescer órfã a transformou numa pessoa dura e indiferente aos outros, até que ela conhece um homem estranhamente familiar, com um rosto que a assombra por razões que ela não consegue entender. Mesmo fazendo questão de evitar interações com os outros, a vida de Josephine se entrelaça com a de Damon Cole, o enigmático estranho, e antes que se dê conta, ela se entrega à única pessoa que está perto o suficiente de destruí-la. Envolvente, sensual e extremamente emocional, Destrua-me irá te seduzir, apaixonar e conduzir à uma montanha russa de sentimentos, com a dolorosa vida de Josephine."

17 de dezembro de 2014

Capas Reveladas - Nora Roberts

]Eu sei que já mostrei pra vocês a capa do novo lançamento da Nora Roberts pela Editora Arqueiro aqui, mas ontem foi divulgado as outras duas capas, que completam a ”Trilogia dos Primos O’Dwyer”.
Para quem não viu o Post, essa nova trilogia será publicada em Março pelo nossa querida parceira, e terá como foco as Bruxas. Sabe coisa básica, maldição de mais de trezentos anos selada com um pacto de sangue. Normal. Os livros são, em ordem: “Bruxa da Noite”, “Feitiço da Sombra” e “Magia do Sangue”. Nem preciso comentar que achei perfeita cada uma delas não é?!

16 de dezembro de 2014

Viktoria Modesta, a destruidora de forninhos!


Modesta já havia carimbado seu rostinho bonito no mundo da música em 2012, com o seu compacto EP1, em 2012 com seu single "Only You",  e também se apresentou nas Paraolimpíadas de Londres no mesmo ano. Mas foi na semana passada que seu vídeo "Prototype" fez sua carreira alçar voo!!!
Para se ter uma vaga ideia do sucesso, o vídeo de seis minutos conseguiu 90 mil compartilhamentos no Facebook e mais de 105 mil visualizações do mesmo no Youtube no dia do lançamento. Quem é ela? Eu já digo. Viktoria Modesta é uma cantora/modelo da Letônia e tem 26 anos, que pensando no melhor para a sua saúde e mobilidade, decidiu amputar a perna esquerda em 2007, após ter passar por vários complicações com o membro durante a infância devido a negligência médica em seu nascimento.
Nessa última Sexta-Feira, em parceria com a emissora britânica Channel 4, Modesta lançou o vídeoclip “Prototype”, uma espécie de “protesto” antissistema como metáfora à sua própria situação com relação a indústria fonográfica. "Nos esportes 'superar' uma deficiência te faz um herói, mas no pop não há lugar para você", diz a cantora. 
O diretor dessa mega produção, Saam Farahmand explica que resolveu explorar a temática  'deficiência' de forma não-passiva, "Através deste vídeo, a cultura pop teve de se engajar na realidade física da amputação como um conceito poético, em vez de um procedimento médico (...) Culturalmente vemos a deficiência a partir de uma posição de admiração saudável e empática. Este vídeo contesta esta convenção" diz ele.
Nessa loucura toda, Modesta encara várias cenas de dança com próteses brilhantes, cheia de conceitos e também uma história bastante interessante onde quebra padrões e preconceitos de beleza impostos principalmente em mulheres do cenário mainstream que devem sempre ser perfeitamente perfeitas, sem defeitos. Chamando muito a atenção para a última cena onde dança com uma prótese maravilhosa, negra e pontuda, como de fosse um diamante, quebrando o chão de vidro com seus passos de balé.
Já estão dizendo por ai que Viktoria Modesta pode ser a nova Lady Gaga. Confesso que a semelhança no quesito “diferente” é berrante, mas são coisas absolutamente diferentes. Eu fiquei encantado/apaixonado por ela. O jeito é ver o que vem por ai e esperar.
Assistam o clipe que deu o que falar, e deixem suas opiniões sobre essa belezura!

15 de dezembro de 2014

Resenha - Sempre teremos o verão

Cuidado, pode haver Spoilers!!!

Livro: "Sempre teremos o Verão"
Autor: Jenny Han
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501094940
Ano: 2014
Páginas: 319
Skoob: Livro
Estrelas: 5

Sinopse: "Belly sempre esteve dividida entre os Fisher. Mas isso parecia ter ficado no passado. Assim como os incríveis dias de verão na casa de praia em Cousins Beach. Conrad, seu primeiro amor, se tornou apenas uma recordação. Agora, era Jeremiah quem ela amava, era com ele que Belly imaginava o futuro. Eles resolvem se casar e passar o resto da vida juntos, mesmo que para isso precisem enfrentar as famílias, que desde o início são contra essa decisão. Mas quando Belly retorna à casa de praia e reencontra Conrad, antigos sentimentos vêm à tona. Com o dia do casamento se aproximando, as incertezas só aumentam. Seria possível voltar atrás? Ou melhor, seria o certo a fazer? Mais uma vez ela está na casa de praia, dividida entre os dois únicos meninos que já amou. Neste último volume da série O verão que mudou minha vida, Belly está mais madura e se vê diante de uma importante decisão que mudará sua vida e a dos Fisher para sempre."

***

"Meus dois grandes amores. Acho que sempre soube que me tornaria Belly Fischer um dia. Só não fazia ideia de que seria dessa forma."

Hoje é dia da japa mais amada do mundo. Ou seja, Jenny Han. Natural de Richmond, Virginia, Han é formada em Escrita Criativa pela Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill. Ficou famosa nacionalmente por sua trilogia “Verão” – da qual vos trago o fim hoje – e também pela sua parceria com a escritora Vivian Siobhan no livro “Olho Por Olho”. Esse ano, nossa querida Han embarcou em uma turnê literária, com paradas programadas em Richmond, Chapel Hill, Nova Iorque, Washington, Raleigh, Carolina do Norte e Houston... Mas agora não é hora de passar o itinerário dela, e sim de sofrer com o final da minha trilogia preferida de drama...
Espero que entendam que essa não é uma resenha como qualquer outra. Quem acompanha o blog sabe o quão difícil foi encontrar essa serie no começo, e o quanto eu corri atrás. Sabe também o tamanho da minha paixão pelos livros, e o quanto eu sofri com o segundo volume.
Dessa vez Belly, ou melhor, Isabel – já que ela cresceu e amadureceu – está na Universidade, não mais em Cousins, terminando seu primeiro ano ao lado de Jere. Sim, eles começaram a namorar, e Belly meio que preferiu ir para a mesma universidade que ele – que já está no segundo ano. Jere era seu futuro.
Sabe aquele primeiro amor, que, por mais que você saiba que foi passado e infantil, ainda fica impregnado em você de alguma forma? Então, Conrad é esse amor. Mas Belly agora tem Jere, que a conhece melhor do que nenhum garoto um dia vai conhecê-la.
Mas – e convenhamos, sempre tem um “mas” infelizmente -, durante uma festa de fraternidade, Belly acaba descobrindo da pior forma possível que Jere a “Traiu” – não explicarei as aspas ok – com uma garota de outra fraternidade durante o Spring Break... Um segredo que ele escondeu dela... Assim como ela também tem um segredo que escondeu dele...
No natal passado, quando eles brigaram, e ela acabou sozinha em casa, e decidiu ir para a casa de veraneio em Cousins, e acabou encontrando Conrad lá... Não rolou nada, mas levando encontra que o peito de Belly quase pulou pela boca e que agora Jere a pediu em casamento, eu lhes pergunto: Que fim terá tudo isso?

"Não sabíamos o que o destino nos reservava. Éramos apenas dois adolescentes olhando para o céu numa noite fria de fevereiro. Não, ele não me deu flores nem bombons. Ele me deu a lua e as estrelas. O infinito."

O que eu posso dizer sobre esse fim?
Nada na verdade! Não vou contar que a Belly larga o Jere.... Oooops, tá, esse foi o ultimo spoiler.
Sabe o que me encanta na escrita da Jenny Han? A simplicidade. Somos transportados a momentos do passado de uma forma tão convincente, e tranquila. Sem delongas, ou paradoxos. Han sabe introduzir os assuntos, em capítulos curtos, mas perfeitos ao mesmo tempo.
Nem preciso dizer o quanto sofri lendo esse livro não é? Já sofri horrores com o segundo volume, que eu lia um parágrafo, parava, olhava para o céu pra não chorar e continuava. Esse foi do mesmo jeito.
O começo é meio parado, como de praxe, mas o fim, Jesus segura a minha mão e impeça que esse forninho caia.
O final todos nós já sabíamos. Belly até diz no começo, que o primeiro amor é o que perdura por toda a vida, e isso é verdade – ou foi no caso dela. Jenny Han acertou em cheio com a conclusão deste triangulo amoroso. Vimos a evolução e o caos que foi os dois primeiros livros se transformarem em um agrupamento de sentimentos monumental.
Muito mais amadurecido, esse romance em si se destaca pelo clima pesado – que já era visto no segundo – de perda e de crescimento. Isso acaba agregando á leitura uma tristeza um pouco diferente das outras.
Creio que eu não poderia terminar o meu ano com uma leitura melhor. É o que sempre digo, já que a nossa vida amorosa não da certo, é melhor focar na vida amorosa dos nossos personagens preferidos, que sempre acabam bem de alguma forma. Se você está enrolando para ler esse livro, pare já com isso e comece a ler.

14 de dezembro de 2014

Vem mais Colleen Hoover por ai!

 

Nossa querida Galera Record divulgou finalmente que o livro “Ugly Love”, que é escrito por Colleen Hoover - autora já conhecida pela trilogia “Métrica” e pelos livros “Um CasoPerdido” e “Sem Esperanças” – ao que tudo indica será lançado no 2º Semestre do ano que vem, 2015.
O livro teve os direitos de adaptação comprados e, apesar de não divulgar os nomes dos produtores e estúdio envolvidos no projeto, a autora confirmou que Nick Bateman, o Lance da série “Originals”, está envolvido na adaptação.
Vejam a capa gringa e a sinopse traduzida.

Sinopse: "Quando Tate Collins se encontra com o piloto Miles Archer, ela sabe que não é amor a primeira vista. Sequer iria longe e consideraria-o um amigo. A única coisa que Tate e Miles tem em comum é a inegável atração entre eles. E uma vez que o desejo vem a tona, eles se dão conta que possuem a atração perfeita. Ele não quer amor, ela não tem tempo para o amor, de modo que só sobra o sexo. A relação é surpreendentemente sem problemas, sempre  e quando Tate siga as duas regras impostas por Miles a ela.
Nunca pergunte sobre seu passado.
Não espere um futuro.

Eles acreditam que podem manejar essa situação, mas logo se dão conta que não podem.
Corações se infiltram.
Promessas se rompem.
Regras são destroçadas.
O amor se torna feio."

13 de dezembro de 2014

BBC anuncia série de J. K. Rowling.

É isso mesmo meus queridos, segura na mão de Jeová que a coisa tá punk! A rede de TV BBC anunciou que os livros “O Chamado do Cuco” e “O Bicho da Seda”, escritos por Robert Galbraith – Alter-ego/pseudônimo de J.K. Rowling -serão adaptados para a TV. A produção em si será feita pela Brontë Film and TV e ainda não tem a quantidade de episódios definidos. Vale ressaltar rapidamente que também temos “Animais fantásticos e onde habitam” vindo por ai - está sendo adaptado para os cinemas, dividido em 3 partes, com estreia prevista para 2015 -, e também teremos “Morte Súbita” – como série também -  produzida pela BBC e coproduzida pela HBO em 2015.
Coisa pra caraio né? E houve boatos que depois do fim de Harry, J. K. decairia. Haha’ amadores! Uma rainha nunca perde a Realeza!

Insurgente - Trailer + Poster

Eu. Estou. Jogado. No. Chão. Da. Minha. Cozinha.
Juliana? Não desmaia agora, procure seu óculos coisinha e venha ler o que eu tenho a dizer...
Ao contrario do primeiro filme, onde a monotonia reinou – na minha opinião, foi uma péssima adaptação -, a continuação de “Divergente” tem tudo para nos matar com um ataque cardíaco. Ontem, foi liberado o trailer oficial do filme – que estreia dia 19 de Março aqui no Brasil – e um pôster maravilhoso!
Repleto de ação e cenas fortes, “insurgente” tem tudo para ser o filme do ano. No vídeo, temos Jeanine e seus planos de acabar com os divergentes, somos transportados á novos cenários, como o campo da Amizade, o mundo subterrâneo dos Sem-Facção, aos corredores azuis e brancos da Erudição, e tudo isso com direito a muito tiro, correria e pra finalizar só no “close”, Tris destruindo uma vidraça para formar o título do filme, nos arrepiando dos pés a cabeça! Isso tudo sem falar no Poster maravilhoso né gente!

12 de dezembro de 2014

MARINA AND THE DIAMONDS - "HAPPY"

Meu, como essa mulher consegue ser tão perfeita? Nossa maravilhosa e cheia da bijuteria, Marina And The Diamonds, liberou essa semana sua nova música, "Happy". A faixa promocional estará incluída no terceiro álbum de sua carreira, "Froot", que chega ao mercado no dia 7 de Abril de 2015 e já está disponível para pré-venda no iTunes.
Além disso, temos á nossa disposição um site super lindo e interativo, em que, além de ela publicar os próximos lançamentos e clipes – além de um arquivo com todos os seus álbuns – também somos agraciados com as letras das musicas! Vejam só:


11 de dezembro de 2014

Spin-off de "Will & Will"


Não importa que ainda não seja o nacional,só de saber que teremos mais David Levithan em nossa vida, meu coração se enche de alegria! Uma ótima notícia para os leitores de "Will& Will: um nome, um destino". Depois de quatro anos, finalmente foi anunciado o lançamento de “Hold Me Closer: The Tiny Cooper Story”. Para quem não entendeu os links da vida, esse é um Spin-off do livro “Will & Will”, e girará em torno de toda a vida de Tiny Cooper, desde sua busca pelo amor até o seu nascimento. O lançamento está previsto para acontecer em Março La na gringa. Em entrevista, Levithan disse que Tiny Cooper começou em um dos capítulos de John Green, então ele teve total apoio do autor para continuar.
Basicamente, “Will & Will”, que é escrito por Levithan em conjunto com John Green, gira em torno de dois garotos de mesmo nome e com o passar das páginas vamos conhecemos os dramas que eles passam em seu dia a dia. E então, meio sem querer, ou não, eles se encontram em um sex shop e a vida de ambos se entrelaçam.
Vejam a capa americana que graça gente! 

Sinopse: "Tiny Cooper (“a pessoa mais importante do mundo que também é muito, muito gay”) robou o coração dos leitores quando foi apresentado ao mundo em Will, Will, livro escrito por John Green e David Levithan. Agora Tiny finalmente conta sua história — de seu fabuloso nascimento e infância a busca do amor verdadeiro e seu infame desfile de ex-namorados — da forma que ele sempre quis: um musical! Repleto de honestidade, humor, e “grandes e animados” números musicais, o romance é contado através de um script musical mencionado pela primeira vez em Will, Will." - Tradução: Livros e Citações